Contato Humano-Guardian


CONTATO HUMANO-GUARDIAN

Em 3301, a nave presidencial federal, a Starship One, sofreu uma falha catastrófica nos propulsores durante uma visita aos sistemas fronteiriços, resultando na destruição da nave. Jasmina Halsey, na época a presidente federal, ficou à deriva em uma cápsula de escape, inconsciente. Durante seu período em estase, Halsey acreditou ter sido visitada por seres transdimensionais de inteligência e compaixão extraordinárias. Mais tarde, quando foi resgatada e revivida, ela permaneceu convicta de que a experiência fora real e não uma simples alucinação.

Halsey passou a presenciar visões de misteriosos mundos e cidades alienígenas – metrópoles densas, cheias de atividade e vida. Ela compartilhou essas visões com o restante da humanidade, incentivando exploradores a partir em busca desses planetas não descobertos. Isso levou à descoberta das primeiras ruínas dos Guardians, no sistema Synuefe XR-H d11-102. 0 fato desses locais não apresentarem vida levou à especulação de que Halsey havia visto os mundos dos Guardians não como eram, mas como haviam sido.

Nos meses seguintes, vários outros locais foram encontrados. 0 engenheiro Ram Tah passou a pesquisar os Guardians e eventualmente conseguiu desenvolver um algoritmo de descriptografia para decodificar os dados dos Guardians, levando a uma compreensão muito mais profunda de sua civilização perdida. Desde então, outros engenheiros fizeram uso das descobertas de Ram Tah para desenvolver tecnologia Guardian-humana.

Anterior Idioma
error: Desabilitado