Sociedade


SOCIEDADE

Um modelo da Roma antiga.
O Império opera em um sistema “cliens”.  A sociedade é dividida em níveis: Imperador, senadores, patronos, clientes e cidadãos, com os escravos abaixo destes.

Grupos de patronos oferecem seu apoio a um senador, oferecendo serviço militar, receitas de impostos e o direito de usar o voto dos patronos no senado a seu favor. Em troca, os patronos recebem algum grau de proteção e segurança material, além de terem seus interesses representados no senado imperial.

Os senadores são responsáveis por decidir as alíquotas de imposto e os sistemas de bem estar social de seus patronos, ou seja, quanto mais baixas as alíquotas de imposto de um senador, mais patronos ele tem chance de atrair. Porém, esta não é a única preocupação de um patrono – lealdade com o tempo, compatibilidade ideológica, conexões familiares e negociatas discretas fazem parte da decisão de qual senador apoiar.

O sistema expande-se para baixo a cada nível de forma semelhante, com os clientes apoiando determinados patronos, e os cidadãos apoiando determinados clientes.

Os votos em posse de cada patrono são compostos pelos votos totais de todos os clientes que o apoiam. De forma semelhante, os votos em posse desses clientes são compostos pelos votos totais dos cidadãos que os apoiam. Portanto, os patronos podem investir graus variáveis de poder a seus senadores escolhidos, resultando em alguns senadores serem mais poderosos que outros. Os senadores são responsáveis por quem está abaixo deles, o que significa que todos têm uma forma de seguridade social, pelo menos na teoria – na verdade, muitos senadores se orgulham da seguridade que oferecem a seus cidadãos. Sabe-se que alguns deles drenam riquezas materiais de mundos pequenos e independentes e as transferem para a economia de Capitol, permitindo a eles reduzir os impostos dos cidadãos e melhorar consideravelmente sua própria popularidade.

Os patronos são livres para retirar seu apoio do senador escolhido, colocando sobre o senador o ônus de representá-los de forma satisfatória ou perder poder de voto.

Estratificação rígida.
A divisão entre as classes sociais é formal, sem ambiguidade e restrita, mas existe um caminho claro para avançar. Uma pessoa pode pagar uma taxa e solicitar admissão no nível acima. Dessa forma, escravos também podem se tornar cidadãos.

A lei não é igual para todos.
Os senadores têm a responsabilidade de aplicar as leis e devem obedecer os decretos do Imperador, mas estão acima da lei de outras maneiras. Um senador pode até mesmo realizar execuções pessoalmente com pouco ou nenhum medo das consequências.


Fonte: Elite Dangerous (Codex)


Anterior Histórico
Próximo Poder Militar
error: Desabilitado