Archon Delaine


ARCHON DELAINE

“Estou dizendo, Delaine é o babaca mais confiável com quem você vai trabalhar. Por quê? Porque ele sempre cumpre as ameaças dele. Se outra pessoa disser que vai arrancar o seu dedo indicador e enfiá-lo no seu nariz usando o seu próprio pé decepado, você sabe que é só exagero. Mas se o Delaine disser isso, você pode saber que ele vai fazer exatamente o que disse, sem erro. Ele quer que as pessoas tenham medo dele, e isso significa que ele mantém suas promessas. Isso merece respeito.”

– Mantal Hoeck, comerciante de armas

Archon Delaine é o líder da Kumo Crew, um poderoso sindicato do crime. Ele refere-se a si mesmo como o Rei dos Piratas, um título que não é reconhecido por nenhum governo.

A infância de Delaine não foi documentada, e existem lendas conflitantes sobre sua origem. Alguns acreditam que ele cresceu em uma boca de fumo nos mundos de fronteira, onde aprendeu a lutar. Outras histórias dizem que ele trabalhava como segurança no bordel onde nasceu ou foi aprendiz de mecânico em um estaleiro orbital que realizava lutas clandestinas após o horário de trabalho. O que é certo é que Delaine desafiou – e massacrou – o Senhor dos Piratas da Kumo Crew quando tinha apenas 15 anos.

O título de Senhor dos Piratas só é transferido com a morte do atual detentor, seja para um sucessor nomeado ou para o vencedor de um desafio ritual. De acordo com a tradição. o Senhor dos Piratas deve honrar qualquer desafio à sua liderança, independentemente de quem o fizer, embora a escolha das armas seja sua. No caso de Delaine o Senhor dos Piratas Crabbe optou por uma luta sem armas uma escolha muito incomum. Acredita-se que Crabbe considerava Delaine um alvo fraco devido ao seu albinismo, indigno da atenção pessoal de um Senhor dos Piratas. É possível que Crabbe pretendesse dar uma surra em Delaine, em vez de simplesmente matá-lo. Se o fez, foi um ato fatal de misericórdia.

Imagens da luta, filmadas pelos presentes, mostram Delaine desviando agilmente dos golpes pesados de Crabbe, permitindo que o homem maior se cansasse, antes de aplicar um soco rápido no olho de Crabbe. Então, Delaine espancou Crabbe até que perdesse a consciência e continuou socando o cadáver até não ser mais possível reconhecê-lo.

A Kumo Crew ficou dividida entre aqueles que viam Delaine como o líder legítimo e aqueles que se recusaram a seguir um jovem desconhecido. Porém, essa divisão logo deixou de existir. pois Delaine provou ser um líder tão capaz quanto era combatente. Ficou claro que Delaine pretendia estabelecer não apenas sua própria reputação, como também a da Crew.

Desde então, Delaine esmagou qualquer dissidência com a mesma brutalidade implacável que mostrou a Crabbe. Ele adotou uma política de tolerância zero com os conflitos pessoais que paralisavam a Kumo Crew e, com isso, transformou o que havia sido um bando anárquico de oportunistas em uma força de pilhagem de eficácia letal.

Unidos em seu propósito e mais organizados do que nunca, a Kumo Crew tornou-se rapidamente o terror do setor de Pegasi, absorvendo gangues menores de piratas, saqueando estações civis com impunidade e tomando o controle de instalações corporativas. Nos primeiros anos da liderança de Delaine, vários senhores piratas rivais exigiram o direito de combate pessoal, todos convencidos de que seriam capazes de eliminá-lo e assumir o seu invejável império do crime. Delaine encontrou cada desafiante. concordou com suas escolhas de armas e derrotou-os prontamente. Após a morte do Senhor dos Piratas Horvath, que Delaine estrangulou com seu próprio chicote afiado, não houve mais desafios. Delaine e sua Kumo Crew governam pelo medo, mas operam de acordo com regras rígidas. Se um assentamento no território da Kumo tiver pago seu tributo, qualquer pirata da Kumo tolo o bastante para saqueá-lo pode perder seu rank, sua tripulação, suas posses, sua pele e sua vida, de acordo com a gravidade da violação. São as famosas “cinco privações” Instituídas por Delaine como punição padrão no território da Kumo.


Fonte: Elite Dangerous (Codex)


Anterior Alba Tesreau
Próximo Arissa Lavigny-Duval
error: Desabilitado